Contra o Santos, Audax tenta se manter na briga

0

O goleiro Felipe Diniz chamou a atenção ao aplicar chapéu na pequena área / Foto: Renato Silvestre
O goleiro Felipe Diniz chamou a atenção ao aplicar chapéu na pequena área / Foto: Renato Silvestre

publicidade

Após quatro vitórias seguidas, o Osasco Audax tem uma prova de fogo pela frente neste sábado para manter a ascensão e continuar na briga por vaga na próxima fase do Campeonato Paulista. Os osasquenses encaram o Santos, às 16h, no Pacaembu.
Faltando cinco jogos para o fim da primeira fase, o Audax ocupa a terceira posição do grupo B, com 16 pontos, dois a menos que a vice-líder Ponte Preta, que ficaria com a última vaga do grupo na fase decisiva do estadual.

Osasquenses vêm de 4 vitórias seguidas

A tarefa de se manter na cola da Macaca nesta rodada é pra lá de complicada. Enquanto o Peixe, adversário dos osasquenses, está invicto e lidera o grupo D com 26 pontos (mais que o dobro do vice-líder, Capivariano), o rival da Ponte Preta é o Bragantino, que vai mal das pernas e é um dos principais candidatos ao rebaixamento à Série A2.
Além disso, o Osasco Audax ainda não venceu nenhum dos considerados grandes que enfrentou. Neste Paulistão, levou 4 x 0 do São Paulo e 3 x 1 do Palmeiras.
A sequência de quatro vitórias anima os osasquenses às vésperas de novamente enfrentar um clube grande. Mas o técnico Fernando Diniz alerta que o trabalho será “dobrado” e mantém o time com os pés no chão: “Estamos numa sequência muito boa e temos a consciência que vai ser o jogo mais difícil do campeonato para gente. Vamos manter o foco e ter a mesma personalidade para jogar bola”, diz.

publicidade

Chapéu
No último jogo, vitória por 2 a 1 sobre o Ituano fora de casa, o goleiro Felipe Diniz ganhou os holofotes após aplicar um chapéu na pequena área sobre um adversário. “Foi uma jogada espontânea, fiz sem pensar”, afirmou. “Não é nem bom ficar comentando muito isso do chapéu, porque no primeiro erro que o time tiver, tenho certeza que a imprensa vai falar desse lance, sei como funciona. Foi uma jogada à parte, passou e bola para frente”, minimizou o arqueiro.

PAULISTÃO – 11ª rodada
Sábado, 21
Santos x Osasco Audax
16h – Pacaembu

publicidade

Domingo
Capivariano x Corinthians
16h – Capivari
São Paulo x Marília
16h – Morumbi
São Bernardo x Palmeiras
19h30 – São Bernardo Do Campo

Comentários