Contraproposta de empresas deve ser aceita e acabar com ameaça de greve de ônibus

2
Motoristas e cobradores da região ameaçam greve desde a semana passada

Motoristas e cobradores da região ameaçam greve desde a semana passada
Motoristas e cobradores de ônibus da região ameaçam greve desde a semana passada

publicidade

O Sindicato dos Condutores de Osasco e Região deve aceitar uma contraproposta enviada pelas empresas de ônibus de reajuste salarial de 8%, além de aumentos em benefícios. Se a perspectiva se confirmar, a greve de ônibus marcada para quarta-feira, 21, não ocorrerá.

A informação foi dada ao Visão Oeste na tarde desta segunda-feira, 19, pelo vice-presidente do sindicato, Osmar José dos Santos. Ele diz que a tendência é que a proposta seja aceita porque a oferta de 8% de aumento salarial apresentada pelas empresas é a mesma conquistada pela categoria no ABC paulista.

publicidade

Em sua campanha salarial, o Sindicato dos Condutores reivindicava reajuste de 14%. No entanto, há o temor de que rejeitar uma contraproposta que segue a tendência de outros municípios e insistir em uma greve pode trazer problemas à entidade na Justiça. “Não queremos nenhum desgaste nem para a população, nem para o sindicato”, afirma Santos.

publicidade
Comentários