Convenções confirmam candidaturas em nova eleição

0
Município viveu incerteza de imbróglio jurídico-eleitoral e agora terá nova campanha para prefeito / Foto: Fio/PMB

Município viveu incerteza de imbróglio jurídico-eleitoral e agora terá nova campanha para prefeito / Foto: Fio/PMB
Município viveu incerteza de imbróglio jurídico-eleitoral e agora terá nova campanha para prefeito / Foto: Fio/PMB

publicidade

Com nova eleição marcada para 1º de dezembro, começa nesta sexta-feira, dia 1º, a campanha eleitoral em Santana de Parnaíba. Nesta data também encerra-se o período para registro de candidaturas. Foram registradas cinco chapas.

O ex-prefeito Antônio da Rocha Marmo Cezar (PSDB), que foi afastado do cargo após ter tido seu registro de candidatura indeferido devido à lei da Ficha Limpa, desistiu de tentar concorrer novamente e, em convenção nesta semana, o PSDB lançou seu filho e prefeito em exercício, Elvis Cezar, candidato a prefeito. Oswaldo Borelli é o candidato a vice.

Votação será dia 1º de dezembro

publicidade

Após a resolução do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que determinou a realização de nova eleição, Marmo chegou a dizer que iria tentar registrar candidatura, já que alegava não ter dado causa à nulidade da votação anterior. No entanto, na terça-feira, 29, foi realizada a convenção tucana e foi confirmado o lançamento de Elvis Cezar, que em 2012 foi eleito vereador com a maior votação na cidade. Após o afastamento do pai, assumiu a Prefeitura por ser presidente da Câmara Municipal.

A convenção teve a presença de lideranças regionais do PSDB, como a deputada federal Bruna Furlan e o deputado estadual Celso Giglio, além de oito vereadores da Câmara de Santana de Parnaíba.
O DEM fez convenção dia 27 e lançou a candidatura do ex-prefeito Silvinho Peccioli, com Olair Oliani (PTB) de vice. Cinco vereadores compareceram para dar apoio à chapa.

publicidade

Peccioli perdeu o apoio de Pedro Mori, ex-vice-prefeito e ex-aliado de Silvinho. Mori, que preside o PSB na cidade, lançou Magno Mori candidato a prefeito e Marcelo Donizete vice. A convenção foi na segunda-feira, 28.
O PHS, que iria lançar o candidato Nunes Ambiental, decidiu apoiar Silvinho Peccioli. No entanto, Nunes filiou-se de última hora ao PMN e é candidato a prefeito, com Beto Fernandes, do mesmo partido, como vice.
Outra chapa é a do PSOL, com Ronaldo Almança e Fabio Yamasaki vice.

Candidatos a prefeito em Santana de Parnaíba

Elvis Cezar (PSDB)
Magno Mori (PSB)
Nunes Ambiental (PMN)
Ronaldo Almança (PSOL)
Silvinho Peccioli (DEM)

Comentários