Coronavírus | Rogério Lins anuncia contratação emergencial de 500 profissionais na saúde em Osasco

2
coronavírus osasco
Prefeito Rogério Lins fala de ações de combate ao coronavírus em Osasco / Foto: reprodução

Na noite desta segunda-feira (16), o prefeito de Osasco, Rogério Lins, anunciou que a administração municipal vai contratar emergencialmente 47 novas equipes de saúde, totalizando quase 500 profissionais, para atuar no combate ao novo coronavírus (covid-19) na cidade.

publicidade

“Vamos dar início à contratação emergencial de 47 novas equipes de saúde em nossa cidade. Isso compreende quase 500 novos profissionais que vão nos ajudar a combater esse malefício, e a trabalhar na prevenção”, declarou o prefeito.

“São os mais diversos profissionais. Da área técnica, da enfermagem, da medicina de modo geral, para que a gente possa dar um atendimento mais amplo e mais completo à nossa população em todos os sentidos, mas principalmente na área preventiva”, explicou.

publicidade

Além disso, o município está reforçando a compra de suprimentos, como álcool gel e máscaras, afirmou. “Hoje nossos pronto socorros estão totalmente abastecidos com álcool em gel”.

Nenhum caso até esta segunda (16)

O prefeito de Osasco também afirmou que até a noite desta segunda-feira o município não tinha nenhum caso de novo coronavírus confirmado e que boatos sobre o assunto que circulam nas redes sociais são falsos. “Temos nesse momento 30 casos suspeitos, dos quais 12 já foram descartados. Nesse momento não temos nenhuma confirmação de coronavírus na cidade”, declarou Rogério Lins.

publicidade

O prefeito pediu que as pessoas evitem compartilhar informações extraoficiais, que muitas vezes tratam-se de fake news. “Gostaríamos de pedir para as pessoas não divulgarem informações que não são oficiais”.

Ele citou duas informações que, segundo ele, são falsas que circularam nesta segunda-feira, uma que diz que há um caso confirmado no Hospital Antonio Giglio e uma que diz que um atleta da cidade está contaminado.

“Hoje vimos nas redes sociais circulando de que tem um caso confirmado de coronavírus no Hospital Antonio Giglio. Essa informação não procede”, garantiu o prefeito. “Viralizou um vídeo nas redes sociais um vídeo que dizem que é de um lutador da nossa cidade dizendo também que havia sido confirmado um caso de coronavírus. Essa informação também não procede”, completou.

Ele diz que entrou em contato com o professor de jiu jitsu que aparece em vídeo falando de aluno contaminado e lhe foi passada a informação de que trata-se de um aluno que mora em Cotia. Os osasquenses que treinaram com ele estão sob acompanhamento da Secretaria Municipal da Saúde, afirmou o prefeito

Aulas

De acordo com o prefeito de Osasco, houve grande adesão das famílias à questão de evitar mandar as crianças às escolas da cidade como medida para evitar a proliferação do coronavírus. Esta semana, é recomendado que as crianças fiquem em casa. A partir da semana que vem, as aulas estarão suspensas por tempo indeterminado.

“A população reagiu muito bem. Tivemos hoje 34% dos alunos presentes, ou seja 66% da população já conseguiu se organizar. E a gente tem até sexta-feira para se reorganizar totalmente e dia 23 não teremos mais nenhuma escola do município funcionando temporariamente”, afirmou Rogério Lins. A mesma recomendação é feita às escolas particulares.

Igrejas

O prefeito de Osasco também disse que houve reunião com pastores e representantes da Igreja Católica para definir ações de prevenção ao novo coronavírus nas igrejas. Algumas aderiram à transmissão de cultos pela internet, outras se comprometeram a realizar ações de combate à doença. No dia 22, lideranças evangélicas preparam um dia de orações contra o coronavírus.

“Grandes igrejas já estão com seus cultos transmitidos online e alguns optaram por uma redução, por uma reorganização junto aos seus membros. Foi muito rica a reunião e foi levantado que no dia 22 de março vai haver uma intercessão pela cidade, pela população, pelo Brasil, contra o coronavírus”, afirmou Rogério Lins.

“Temos que nos unir em oração, em sentimento, principalmente pelos mais vulneráveis, pelos idosos. É uma responsabilidade de todos nós orientá-los e protegê-los”, disse o prefeito de Osasco.

PS do Santo Antonio

Outro tema do pronunciamento do prefeito de Osasco sobre o coronavírus na noite desta segunda-feira foi a reinauguração do Pronto Socorro do Jardim Santo Antonio, após reforma.

“Com ele reaberto, vamos ter mais um ponto de urgência e emergência preparado para atender às famílias de toda essa região”, declarou Rogério Lins.

Comentários