Corpo encontrado no porta-malas de carro em Carapicuíba pode ser de vítima do tribunal do crime

0
corpo encontrado no porta-malas carapicuíba tribunal do crime
O corpo de Valdiano da Silva, de 27 anos, foi identificado pela família / Reprodução/Record TV

Um corpo foi encontrado no porta-malas de um carro, um Fiat/Siena branco, levado para o pátio de apreensão, em Carapicuíba, na segunda-feria (9). A Polícia Civil suspeita que a vítima, um homem de 27 anos, tenha sido morta em um tribunal do crime.

publicidade

Os funcionários do pátio decidiram chamar a polícia após notarem o mal cheiro e o líquido que escorria do porta-malas do veículo recolhido da rua há poucos dias. “A polícia foi até lá, abriu o veículo e descobriu um corpo de um homem do sexo masculino enrolado em um cobertor”, explicou o delegado responsável pelo caso Marcelo José do Prado, ao “Cidade Alerta”, da Record TV.

Segundo o delegado, o corpo, que já estava em estado de decomposição avançado, é de Valdiano da Silva, que tem passagem pela polícia por tráfico de drogas, e foi reconhecido pela companheira da vítima, que também já foi detida por tentar entrar na cadeia levando drogas no chinelo em uma das visitas ao marido.

publicidade

Valdiano estava desaparecido desde o dia 22 de outubro, quando saiu de casa com o carro e não foi mais visto. Sua mulher registrou um boletim do desaparecimento no dia 27 de outubro.

A polícia aguarda o resultado de laudos periciais, mas trabalha com a hipótese de que Valdiano tenha sido morto com tiros de arma de fogo e não descarta um suposto acerto de contas. “Não parece uma simples execução de rua. Dias atrás o setor de investigações recebeu uma denúncia anônima dizendo que em um bairro aqui no município, o Ariston, teria ocorrido um tribunal do crime e teriam matado alguém”, disse o delegado.

publicidade

“Talvez, a motivação dessa morte por uma determinada organização criminosa seria o fato de que ele teria se envolvido com uma menor de idade lá no bairro, mas isso tudo depende de comprovação. É uma das hipóteses que está sendo investigada”, finalizou.

Comentários