Deportação de pastores da Universal em Angola gera Moção de Repúdio na Câmara de Osasco

0
vereador joel nunes osasco
O vereador Joel Nunes, do Republicanos, partido ligado à Universal / Foto: divulgação

A deportação de pastores brasileiros ligados à Igreja Universal em Angola gerou uma Moção de Repúdio em Osasco, do vereador Joel Nunes, do Republicanos, partido ligado à organização religiosa. O tema está na pauta da sessão desta terça-feira (18), na Câmara Municipal.

publicidade

A Universal vive um racha em Angola que cresce desde o fim de 2019. Pastores do país africano se rebelaram e tomaram o controle da igreja, acusando o comando da organização religiosa de evasão de divisas, racismo, prática obrigatória de vasectomia, entre outras. A Universal nega.

Este mês, 34 brasileiros ligados ao trabalho missionário da igreja receberam a notificação de autoridades angolanas de que seriam deportados. Nove embarcaram para o Brasil em 11 de maio.

publicidade

A ação do governo angolano aumentou a irritação da cúpula da Universal e mobilizou parlamentares da bancada evangélica no Congresso, que passaram a cobrar que o governo brasileiro interceda junto ao de Angola em favor da igreja de Edir Macedo.

Os brasileiros em Angola não poderiam ter sido expulsos daquela maneira, e o governo brasileiro precisa dar uma resposta”, declarou o deputado Milton Vieira (Republicanos-SP).

publicidade

MAIS DE 400 VAGAS// Inscrições em concurso público em Osasco começam esta semana

Comentários