Deputada Renata Abreu quer barrar nota de R$ 200: “favorece atividades ilícitas”

0
renata abreu nota 200
Reprodução

A deputada federal Renata Abreu (PODE-SP), que tem Osasco e região entre suas bases eleitorais, criticou o lançamento da nota de R$ 200, que ocorrerá nesta quarta-feira (2), pelo Banco Central.

publicidade

A parlamentar argumenta que “criminosos preferem notas de maior valor, e a de R$ 200 favorece as atividades ilícitas, como corrupção, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, ocultação e evasão de divisas”.

O Podemos, partido do qual Renata Abreu é presidente nacional, entrou com representação no Supremo Tribunal Federal (STF) junto à Rede e ao PSB, para tentar barrar a circulação das notas de R$ 200.

publicidade
Leia também: Projeto em tramitação estabelece fim do dinheiro em papel no Brasil

Comentários

publicidade