Deputados se unem a Consórcio por acessos à Castelo Branco

0

Prefeitos e deputados em reunião do Cioeste que debateu projeto de intervenção na rodovia / Foto: Ismael Francisco
Prefeitos e deputados em reunião do Cioeste que debateu projeto de intervenção na rodovia / Foto: Ismael Francisco

publicidade

O projeto que inclui novos acessos da rodovia Castelo Branco a Osasco e Barueri e a extensão das marginais da via até o Km 27, com a construção de duas novas pontes sob o rio Tietê, foi tema de reunião na segunda-feira, 30, entre prefeitos e representantes das oito cidades que formam o Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste), deputados estaduais da região e o presidente da CCR (concessionária que administra a Castelo), Eduardo Camargo.

“O momento atual é de união”

O destaque da reunião foi a participação de sete deputados estaduais da região que se comprometeram a se unir em uma bancada regional para pleitear recursos para projetos que beneficiem os municípios do consórcio junto ao governo do estado. São eles os deputados Marcos Martins (PT), Celso Giglio (PSDB), Gil Lancaster (DEM), Igor Soares (PTN), Márcio Camargo (PSC), Gilmaci Santos (PRB) e Marcos Neves (PV).

publicidade

“A gente vai tentar sistematizar as reuniões. A partir daqui, vamos nos reunir com os deputados para tratar de outras demandas para a região. Com sete deputados, temos força para buscar atender outras demandas. O momento atual é de união e o deputado sozinho às vezes não consegue fazer, o prefeito sozinho às vezes não consegue fazer”, afirmou o prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), presidente do Cioeste.

O deputado estadual Celgo Giglio (PSDB), rival de Lapas na disputa à prefeitura de Osasco em 2012, destacou que “foram unanimes as opiniões de que prefeitos e deputados deverão estar unidos para alcançar os objetivos”.
O prefeito de Barueri, Gil Arantes (DEM), também celebrou a união dos parlamentares pela região e o apoio ao Cioeste. “Os deputados estaduais fortalecem nosso trabalho de integração regional, superando questões partidárias para construir um diálogo pelo bem comum”.

publicidade

Projeto prevê investimento de cerca de R$ 800 milhões

O projeto de novos acessos da rodovia Castelo Branco a Osasco e Barueri tem investimento previsto de cerca de R$ 800 milhões. O objetivo é desafogar o tráfego da região, além de contribuir para crescimento e desenvolvimento dos municípios.

Está prevista para junho a próxima reunião com prefeitos e deputados. Na ocasião, a CCR apresentará o projeto final, que em seguida será discutido com o governador Geraldo Alckmin (PSDB). O governo do estado será responsável pela viabilização da obra.

Com os atuais congestionamentos frequentes, “hoje a Castelo Branco limita o crescimento da região”, avalia o prefeito de Osasco, Jorge Lapas, presidente do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste).
“[Após a conclusão da obra] teremos um tráfego mais tranquilo para toda região nos próximos anos. Esse investimento só está sendo possível devido à iniciativa do Cioeste, com a união de esforços em prol da região”, declarou o presidente da CCR, Eduardo Camargo.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPerdoar é divino
Próximo artigoFrases