Início Brasil Desemprego chega a 10% e atinge 10,4 milhões de pessoas

Desemprego chega a 10% e atinge 10,4 milhões de pessoas

0
Rendimento médio do trabalhador também caiu, segundo o IBGE / Foto: Marcelo Camargo/ABr

A taxa de desemprego chegou a 10,2% no primeiro trimestre do ano no país e chega a marca de 10,4 milhões de pessoas, segundo dados divulgados na quarta-feira, 20, pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa é a maior desde 2012, quando a pesquisa começou a ser feita. No mesmo período em 2015, o desemprego era de 7,4%.

publicidade
Rendimento médio do trabalhador também caiu, segundo o IBGE / Foto: Marcelo Camargo/ABr
Rendimento médio do trabalhador também caiu, segundo o IBGE / Foto: Marcelo Camargo/ABr

A população desocupada cresceu 13,8% em relação ao último trimestre de 2015. Foram incorporados mais 1,3 milhão de desempregados, chegando a 10,4 milhões de pessoas. Se comparada ao número de pessoas sem emprego no primeiro trimestre do ano passado, houve crescimento de 40,1%, somando mais 3 milhões de pessoas. Atualmente, a população empregada conta 91,1 milhões, uma redução de 1,1%, se relacionada ao último trimestre de 2015. Já o confronto com o mesmo período de 2015, houve queda de 1,3%.

O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado também caiu. A redução foi de 1,5%, menos 527 mil pessoas, na comparação com o último trimestre do ano passado. Na relação com igual trimestre do ano anterior, a queda foi de 3,8%. O rendimento médio ficou estável em R$ 1.934 frente ao trimestre de setembro a novembro de 2015, que era de R$ 1.954. Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado teve baixa de 3,9%, quando o salário médio chegou a R$ 2.012.

publicidade

Comentários

publicidade