Desenvolvimento sustentável

0

Mônica Veloso

publicidade

No nosso cotidiano observamos o quanto o ser humano ainda continua destruindo o meio ambiente.
Os modelos de crescimento priorizam a utilização de combustíveis fósseis e as cidades convivem com elevados níveis de poluição do ar, das águas e do solo.
Durante muito tempo era comum ouvir as pessoas afirmarem que a questão ambiental era apenas um tema passageiro e fazia parte de certa retórica.
A defesa do meio ambiente ao longo da história política nacional tantas vezes foi relegada apenas a segmentos que por vezes tratavam da questão de maneira pontual e fragmentada.
No entanto, no período recente é cada vez mais evidente o quanto essa questão tem ganhado relevo em nossas agendas.
E cada vez mais esse tema passa a ser parte essencial das políticas públicas que objetivam construir cidades cada vez mais amigáveis.
Ou seja, cada vez mais se fortalecem as perspectivas em torno da necessidade da construção de um processo de desenvolvimento sustentável. É muito importante que exista um caminho de desenvolvimento, mas que este não deve comprometer o futuro das próximas gerações.
Para que exista de fato um desenvolvimento sustentável é fundamental que esse processo seja capaz de respeitar e articular os aspectos econômicos, sociais e ambientais.
Em nosso trabalho à frente da secretaria municipal, sempre procuramos considerar essa questão para que a nossa cidade possa ser cada vez mais parceira de um futuro gerador de mais esperança.
E quando acompanho as ações do governo municipal fortalecendo o trabalho de reciclagem, quando a coleta seletiva avança e conferimos também inúmeras outras medidas, fico bastante feliz.
É evidente que ainda há uma longa trajetória, mas o que me fortalece é que em Osasco estamos tratando a questão ambiental com a responsabilidade que o tema merece.
Afinal de contas, ou o desenvolvimento considera a necessidade da sustentabilidade, ou este não será razoável para as pessoas e para a natureza.

publicidade

Comentários