Dialogo: caminho para o desenvolvimento

0

No passado os economistas acreditavam que o crescimento era exatamente a mesma coisa que desenvolvimento. Muitos eram aqueles que argumentavam que bastava a economia crescer para que todos os problemas estivessem resolvidos.

publicidade

Os anos 1970, a era do “milagre econômico” jogou essa teoria por terra. Naquele período a economia cresceu em média 7% ao ano, no entanto de maneira exponencial se elevou a desigualdade.
E foi a extrema desigualdade desse período que contribuiu para que nos anos seguintes a nação mergulhasse em um tempo de muita crise e descrença, a era da “década perdida” que felizmente guardamos distância.
É muito importante retomar essa reflexão para que fique absolutamente claro o quanto é importante o dialogo democrático para a construção de um projeto de desenvolvimento.
O dialogo, quando realizado de maneira a garantir pluralidade das ideias, possibilita a apresentação das mais diferentes propostas em relação ao conjunto de temas relevantes para a economia e para a sociedade. É por meio do dialogo que se possibilita realizar sempre as melhores escolhas.

Desse modo sempre valorizei muito as representações dos diferentes segmentos da sociedade nos diversos Conselhos e Fóruns de participação institucionalizados em nossa cidade e nosso país.
E recentemente confesso que me senti profundamente representada quando a Presidenta Dilma apresentou o Decreto 8.243 que institui a Política Nacional de Participação Social (PNPS).
Esta proposta estabelecerá um forte protagonismo dos movimentos sociais e da sociedade civil com a administração pública.
Na medida em que sempre defendi a necessidade de ampliação da participação social nos governos tenho certeza que esta proposta pode ser a primeira de muitos passos que poderão contribuir com o amadurecimento do exercício do dialogo na agenda local e nacional.

publicidade

Essa medida que agora é proposta em nível nacional tem todo o meu apoio e fortalece a nossa inspiração para que em Osasco possamos seguir ajudando na construção de um caminho de desenvolvimento que tem no dialogo uma das suas marcas essenciais.

Mônica Veloso é diretora do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região e secretária de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão de Osasco

publicidade

Comentários