Diego Aguirre é demitido do São Paulo

Diego Aguirre é demitido do São Paulo

0
Compartilhar

Após o empate em 1 x 1 no clássico com o Corinthians e em meio a uma queda brusca de rendimento do time no segundo turno do Campeonato Brasileiro, a diretoria do São Paulo demitiu o técnico Diego Aguirre. A decisão foi anunciada na noite deste domingo (11).

Publicidade

O auxiliar André Jardine, membro da comissão técnica fixa do Tricolor, vai comandar o clube nos últimos cinco jogos do Brasileirão.

A insatisfação com a queda de rendimento no segundo turno, no qual o time do Morumbi deixou a briga pelo título e passa a ter a vaga direta à Libertadores, via G4, ameaçada, pesava cada vez mais contra o trabalho de Aguirre nos bastidores são-paulinos.

O empate com o arquirrival, no qual o Tricolor teve ajuda da arbitragem, que não marcou um gol e um pênalti legítimos para o Alvinegro e jogou com um jogador a mais durante todo o segundo tempo sem conseguir se impor, foi a gota d’água para a saída do uruguaio; Ele também vinha tendo problemas de relacionamento com jogadores importantes do elenco, como Nenê.

Aguirre, que havia assumido em março, deixa o São Paulo após 43 partidas, com 19 vitórias, 15 empates e nove derrotas, aproveitamento de 55,8%.

Publicidade

“O clube agradece ao técnico Diego Aguirre, aos auxiliares Juan Verzeri e Raul Enrique Carreras e ao preparador físico Fernando Piñatares pelos serviços prestados, com dedicação e profissionalismo desde o início dos trabalhos em março deste ano, os quais foram fundamentais para que os objetivos projetados até aqui fossem cumpridos”, diz o São Paulo em seu site oficial.

André Jardine já comanda o treino desta segunda-feira (12), quando a diretoria se pronunciará no CT da Barra Funda, e o elenco iniciará os preparativos para a reta final da competição.

O próximo duelo do São Paulo no Brasileirão é contra o Grêmio, na noite de quinta-feira, 15, no Morumbi.

Compartilhar


Comentários