Dilma recebe proposta de centrais sindicais

0

Na terça-feira, 15, o documento “Compromisso Pelo Desenvolvimento” foi entregue à presidente Dilma Rousseff (PT) por representantes de centrais sindicais. Produzido por sindicalistas, trabalhadores e empresários, o texto inclui propostas para a retomada do crescimento econômico.

publicidade

centrais e dilma
Segundo o presidente da Força Sindical, Miguel torres, “trata-se de um programa de desenvolvimento que traz esperança, mostra um novo horizonte para o país”. O grupo foi recebido também pelo ministro do Trabalho e Previdência Social Miguel Rossetto, que afirmou a consciência do governo na “urgência de criarmos condições para recuperar, rapidamente, o crescimento, o desenvolvimento e da capacidade de gerar emprego, trabalho e renda”.

Entre as sugestões do manifesto estão a volta do estímulo aos investimentos público e privado, o aumento das exportações da indústria, a ampliação do financiamento de capital de giro e a adoção de políticas de fortalecimento do mercado interno para preservar emprego e renda. “Esta é uma proposta realista, que identifica a responsabilidade do governo pela adoção de uma política econômica recessiva, mas que propõe saídas para o país”, disse Torres.

publicidade

De acordo com Torres, o governo está aberto ao diálogo. O único ponto divergente do encontro foi a volta da CPMF, defendida pela presidente.“Nossa proposta para a CPMF é a taxação sobre grandes fortunas”, explicou.

Oficialmente lançado o dia 3, o documento reúne 25 assinaturas de representantes das principais centrais sindicais do país, além da Confederação Nacional da Indústria, associações comerciais de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, representações das indústrias automotiva, têxtil e de máquinas e equipamentos. Um novo encontro está marcado para esta sexta-feira, 18.

publicidade

Comentários