Início Cidades Carapicuíba Dívida de R$ 85 mil teria motivado crime que resultou na morte...

Dívida de R$ 85 mil teria motivado crime que resultou na morte menina de 6 anos em Carapicuíba, diz polícia

0
helena menina 6 anos carapicuíba
Helena não resistiu aos ferimentos e morreu, na noite da última sexta (29) / Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Carapicuíba continua investigando o crime que resultou na morte de Helena Guimarães, de 6 anos. Até a noite dessa terça-feira (2), dois suspeitos de envolvimento no caso foram presos: um deles é apontado pela polícia de ser o mandante e o outro o atirador.

publicidade

A principal linha de investigação seguida pelos policiais é de que o ataque ao carro em que pai e filha estavam, na última sexta-feira (29), tenha ocorrido por conta de uma dívida que o suspeito de ser o mandante tinha com o pai da garota, Evandro Machado, que também foi baleado.

A polícia apurou que o pai da menina costumava emprestar dinheiro para várias pessoas, entre elas o suspeito de ser o mandante. A dívida, que inicialmente seria de R$ 66 mil já estaria em R$ 85 mil. “As testemunhas ouvidas, narrando várias situações particulares, mostraram que a morte do comerciante interessaria para o suspeito, como o modo mais fácil de resolver sua dívida”, disse o delegado Marcelo Prado, responsável pelo caso, ao G1.

publicidade

O primeiro suspeito foi preso na segunda-feira (1°) e deve ficar recluso temporariamente por 30 dias. A defesa do rapaz disse ao “Brasil Urgente” que seu cliente compareceu espontaneamente à delegacia para prestar esclarecimentos, mas acabou ficando “preso por conta de algumas pessoas que disseram que o viram em Carapicuíba”. Ele nega que seu cliente seja o mandante do crime.

helena 6 anos tiros carapicuíba
A polícia prendeu um homem suspeito de ser o mandante do crime / Fotos: Reprodução/Band

O atirador

A polícia teve acesso às imagens que mostra o momento em que o atirador chega em um veículo modelo Chevrolet Corsa, na cor prata, e para próximo ao carro da vítima. Ele, que estava no banco do passageiro, desce e efetua os disparos. “O atirador era experiente, ele fez os disparos com muita calma, todos certeiros”, disse o delegado.

publicidade

Já nessa terça (2), a polícia conseguiu deter o suspeito de ser o autor dos disparos. No local do crime, a polícia encontrou ao menos 14 balas de pistola.

Há ainda a suspeita de um terceiro envolvido no crime. Além disso, a polícia está à procura do veículo utilizado pelos suspeitos, que já teve a placa identificada.

 

Comentários