A Câmara de Osasco derrubou o veto do ex-prefeito Jorge Lapas (PDT) e foi promulgada, na sexta-feira, 3, a lei que isenta doadores de sangue de pagamento de taxa para prestar concursos públicos realizados pelo município.

publicidade

Para ter direito à isenção, será preciso comprovar duas doações de sangue nos 12 meses antecedentes à inscrição no concurso. Só serão isentos candidatos que moram em Osasco. O projeto é de autoria do vereador Josias da Juco (PSD).

Estado

No estado há lei semelhante. Doadores de sangue que pretendem prestar concursos públicos para órgãos estaduais podem ser isentos de pagamento de taxa desde 2005.

publicidade

 

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui