“É para enfiar no rabo da imprensa”, diz Bolsonaro sobre R$ 15 milhões em leite condensado; vídeo

Gastos do governo federal com alimentos somaram mais de R$ 1,8 bilhão no ano passado, 20% a mais que no ano anterior, mesmo em plena crise gerada pela pandemia de covid-19

1
bolsonaro leite condensado imprensa
O presidente Jair Bolsonaro / Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comentou com ataques à imprensa a polêmica gerada pelos gastos do governo federal com alimentos, que somaram mais de R$ 1,8 bilhão no ano passado, 20% a mais que no ano anterior, mesmo em plena crise gerada pela pandemia de covid-19. Entre as despesas, um dos destaques é R$ 15 milhões em leite condensado. “É para enfiar no rabo da imprensa” , declarou Bolsonaro (vídeo abaixo).

publicidade

“Quando vejo a imprensa me atacar, dizendo que comprei dois milhões e meio de latas de leite condensado, vai para a p*ta que o pariu. Imprensa de m*rda essa daí. É para enfiar no rabo de vocês da imprensa, essas latas de leite condensado”, disparou Bolsonaro, durante evento com apoiadores, que o aplaudiram e chamaram de “mito”.

O presidente declarou ainda: “Não é para a Presidência da República essa compra de alimentos, até porque nossa fonte é outra. São para alimentar 370 mil homens do Exército brasileiro e também programas de alimentação via Ministério da Cidadania, também alimentação via Ministério da Educação, entre tantos e tantos outros. Essas acusações levianas não levam a lugar nenhum e se me acusam disso é sinal que não tem do que me acusar”.

publicidade

Segundo Bolsonaro, em 2014 a ex-presidente Dilma Rousseff gastou mais com leite condensado do que ele.

Sobre o gasto de mais de R$ 2 milhões em chicletes, o presidente explicou: “Quem já esteve no Exército, já teve um catanho, pessoal sabe o que é um catanho, quem serviu, tem um chicletinho lá dentro. Isso não é mordomia, não é privilégio”.

publicidade

Comentários