Início Opinião Editorial: Domingo todos perdemos

Editorial: Domingo todos perdemos

0
Editorial: Governo precisa ouvir os trabalhadores

O jornal Visão Oeste, por uma questão de respeito aos seus leitores, por transparência e por acompanhar as modernas tendências internacionais do jornalismo, sempre declarou suas posições políticas. Não seria diferente na questão do impeachment. Este jornal é contra o golpe. Consideramos golpe um processo que não cumpre qualquer pré-requisito legal para cassar o mandato da presidente legitimamente eleita. Ainda que seu governo possa ser um desastre, tanto do ponto de vista político quanto econômico.

publicidade

O brasileiro médio tende a apoiar a saída de Dilma por associá-la à corrupção da Lava Jato. Mas ao contrário da maioria daqueles que estão pilotando o processo de impedimento, ela nunca foi citada. Neste momento fazendo exatamente o inverso do que estamos fazendo, uma boa parcela da grande mídia tradicional não declara sua posição, mas visivelmente conduz seus espectadores para uma reação de ódio e intolerância àqueles que estão contra o golpe.

Quando grandes famílias da mídia estão citadas em escândalos, políticos tradicionais e quase seculares em seus mandatos são igualmente delatados, o impedimento de Dilma atenderia a interesses bem particulares e obscuros.

publicidade

No fim, não haverá vencedor. Todos já perdemos. O país afundou-se na crise econômica potencializada propositalmente por uma crise política. A recuperação, sob a tutela de Dilma ou de quem eventualmente vier a substituí-la, será lenta e muito dolorosa. A democracia estará definitivamente abalada pelo exemplo de Congresso ardiloso, mostrando que pode atuar ao arrepio da lei para deslegitimar a importância do voto. Não haverá garantias de que a operação Lava Jato continuará.

Enfim, qualquer que seja o placar final, o Brasil continuará sangrando.

publicidade

Comentários