“Ele tirou uma parte de mim”, diz pai de jovem morta pelo namorado em Osasco

0
morta namorado osasco
O casal migrou para Osasco vindo de Brasília, onde Genário era acusado de envolvimento com o mundo do crime

“Se a gente soubesse o futuro, jamais deixaria nem sequer pisar na nossa casa. Recebi com tanto carinho, com tanto amor e ele tirou uma parte de mim, da minha mulher e da minha filha”.

A declaração é do pai de Stephanie Neves da Silva, de 19 anos, morta na madrugada deste domingo (10) supostamente pelo namorado, Genário de Andrade, 21, com quem ela morava, em uma comunidade no Jardim Santa Fé, em Osasco.

A jovem foi assassinada com um tiro na parte de trás da cabeça. Genário saiu correndo do barraco onde mora gritando aos vizinhos que ela havia tentado se matar. Em seguida, fugiu. Stephanie chegou a ser socorrida e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Menck, mas não resistiu e morreu.

Publicidade

O local do tiro refuta a possibilidade de suicídio. “Tá comprovado que o tiro foi atrás da nuca. Como é que alguém vai dar um tiro atrás da nuca?”, disse o pai dela, que pediu anonimato, em entrevista coletiva.

O casal migrou para Osasco vindo de Brasília, onde Genário era acusado de envolvimento com o mundo do crime. Ele possui quatro mandados de prisão por roubo no Distrito Federal.

O caso é investigado pelo 7º DP de Osasco. O suspeito do crime continua foragido. (Com informações da Record TV)

Comentários