Elizabeth Savala atrai milhares de osasquenses para assistirem seu espetáculo teatral

0
Peça coloca em discussão algumas das questões mais importantes sobre a condição da mulher moderna / Foto: divulgação

Céu aberto. Nenhum indício de chuva. Clima totalmente favorável para um espetáculo de rua. Foi exatamente este o cenário nos dias das apresentações do espetáculo teatral A.M.A.D.A.S.- Associação de Mulheres que Acordam Despencadas, com a atriz Elizabeth Savala, na cidade de Osasco.

publicidade
Peça coloca em discussão algumas das questões mais importantes sobre a condição da mulher moderna / Foto: divulgação
Peça coloca em discussão algumas das questões mais importantes sobre a condição da mulher moderna / Foto: divulgação

Realizado nos bairros Jardim Conceição, Rochdale e Conjunto dos Metalúrgicos, nos dias 4, 5 e 6 de abril, respectivamente, o monólogo da atriz que obteve grande destaque na novela “Amor à Vida” interpretando a personagem Márcia, mais conhecida como “Tetê Parachoque Paralama”, fez sucesso nos dias que seguiram às apresentações.

“Nossa intenção ao trazer o espetáculo para estes bairros é levar para todas as regiões da cidade coisas boas. Fico feliz em ver tanta gente apreciando esta apresentação, para muitos é a primeira vez que assistem a uma peça teatral, é gratificante ver isso”, disse o prefeito Jorge Lapas.

publicidade

O espetáculo apresentado em Osasco faz parte do projeto “Teatro de Graça na Praça”, criado em 2008 pela atriz. A peça “Friziléia”, antecessora da “A.M.A.D.A.S.”, levou, de 2009 a 2010, mais de 210 mil espectadores aos palcos montados ao ar livre.

Ao final das apresentações, a atriz sempre faz questão de perguntar a plateia quantas pessoas já tinham assistido a uma peça de teatro.

publicidade

“Levar peças teatrais gratuitamente às pessoas é a coisa mais bonita que faço na minha carreira. Para que isso se transforme em realidade é necessário apoio, e principalmente, sensibilidade política. Foi isso que encontrei em Osasco, a sensibilidade do prefeito Jorge Lapas, que quis levar cultura e alegria ao povo osasquense. Fico feliz em estar aqui apresentando minha arte”, salientou a atriz.

Para Rosângela Aparecida Rolim, chefe administrativa e moradora do Jardim Conceição, a experiência com este evento foi maravilhosa. “Em termos de cultura é ótimo. O povo é carente e não tem condições de ir ao teatro. A peça reuniu a comunidade e fez um dia diferente no bairro”, disse.

Já para Edvan Gonçalves, auxiliar de depósito, assistir à um espetáculo é algo inédito. “Foi muito bom o que fizeram aqui hoje. Eu nunca tinha assistido uma peça de teatro. Dá vontade de ir mais vezes daqui pra frente”, afirmou.

Segundo Fábio Yamato, secretário de Cultura, realizar este tipo de evento é compensador. “Uma artista de notoriedade nacional estimula as pessoas a buscarem mais contato com a arte. Com essa iniciativa, damos oportunidade para quem não tem e aproximamos o público osasquense à cultura”, salientou.

Comentários