Em meio a especulações, prefeito começa a oficializar secretários

Osasco// Secretariado completo seria anunciado na quarta-feira, 4, mas indefinições causaram adiamento

0
Em meio a especulações, prefeito começa a oficializar secretários
Ivo Gobatto Júnior, secretário de Assuntos Jurídicos, Ana Paula Rossi, secretária de Educação e Gelso de Lima, secretário de Governo

Em meio a uma série de especulações, o prefeito de Osasco, Rogério Lins (PTN), oficializou na quarta-feira, 4, na Imprensa Oficial da cidade, os quatro primeiros nomes de seu secretariado, a chefe de gabinete e o diretor do Departamento de Licitações e Compras da prefeitura.

publicidade

O secretariado completo seria anunciado em evento na quarta-feira, 4, mas indefinições causaram o adiamento.

Foram oficializadas as já anunciadas nomeações de Ana Paula Rossi como secretária de Educação e Gelso de Lima, Governo, além de Emília Cordeiro para a Comunicação e o advogado Ivo Gobatto Júnior em Assuntos Jurídicos. Ele assume no lugar de Flávio Christensen Nobre, advogado de Lins, que foi anunciado como futuro secretário, mas declinou.

publicidade

A chefe de Gabinete é Elsa Natal de Oliveira e o diretor de Licitações e Compras, Franz Felipe da Luz.

Outro secretário anunciado previamente por Lins que não vai assumir é o ex-vereador André Sacco na Saúde. No lugar dele entra José Carlos Vido, também do PSDB, que ainda não foi oficializado.

publicidade

Os bastidores políticos de Osasco têm diversas especulações sobre os membros do secretariado. O ex-vereador Délbio Teruel (PMN) é cotado para assumir a Secretaria de Esporte. Dulce Helena Cazzuni é apontada como favorita para voltar à pasta de Trabalho, que comandou na gestão Emidio de Souza (PT). O ex-vereador Sebastião Bognar deve assumir o Meio Ambiente. Os petistas Mazé Favarão, ex-vereadora, e Gustavo Anitelli, e o ex-vereador Branco são cotados para a Cultura. Alexandre Bussab pode assumir Indústria e Comércio.

Comentários