Em Osasco, câmeras inteligentes já ajudaram a recuperar pelo menos três carros roubados

4
O prefeito Rogério Lins acompanha no COI imagens das mais de 300 câmeras de videomonitoramento instaladas em Osasco / Foto: Ítalo Cardoso

As mais de 300 câmeras de segurança inteligentes do Centro de Operações Integradas (COI) de Osasco já ajudaram a recuperar pelo menos três veículos roubados na primeira semana com a nova fase do sistema em funcionamento.

publicidade

Na manhã desta quinta-feira (16), os agentes do COI monitoravam um Renault Sandero furtado dia 7. Equipes da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) fizeram a interceptação do veículo, a partir do acionamento do COI, e conduziram o motorista para a delegacia para demais procedimentos.

O sistema de monitoramento por câmeras em Osasco conta com o Sistema Integrador, um software que integra a atuação da Guarda Civil Municipal, do Departamento de Trânsito, da Defesa Civil e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com “cercamento eletrônico” nas principais entradas e saídas do município.

publicidade
Câmera detecta carro com registro de roubo ou furto trafegando pelo município…
… e agentes da ROMU, da Guarda Civil Municipal vão atrás e fazem a interceptação

O sistema é composto por câmeras de monitoramento de alta capacidade e semáforos inteligentes em pontos estratégicos, central semafórica em tempo real nos cruzamentos, radiocomunicação digital para todos os agentes de campo e viaturas, solução de rastreamento e gestão de viaturas, sistema de atendimento e despacho de ocorrências, entre outros, permitindo coordenar a atuação das forças de emergências para atendimento às ocorrências, com regras automatizadas e com baixa interferência humana.

Além disso, o sistema de segurança permite uma visão 360º da cidade, com gestão mais eficiente e melhoria considerável em segurança pública e mobilidade. A inteligência na segurança pública, por meio de câmeras de monitoramento, é uma importante ferramenta no combate à criminalidade, afirma o prefeito Rogério Lins.

publicidade

“Com a criação do COI e toda a tecnologia aplicada na operação, Osasco estará preparada para a prevenção e repressão da criminalidade, na atuação eficiente em casos de incidentes, na prestação de serviços emergenciais e na mobilidade urbana sustentável”, disse o chefe do Executivo.

Parceria com as polícias Civil e Militar

As imagens captadas pelas câmeras de monitoramento contribuem para os trabalhos de investigação e também para traçar as ações de policiamento ostensivo e preventivo. De acordo com o secretário de Segurança e Controle Urbano, José Virgolino, há uma parceria com as polícias Civil e Militar, que já lançaram mão das imagens do COI para esclarecer ocorrências.

“As polícias são parcerias e têm total acesso às informações. Temos muito material que contribui e facilita o trabalho das polícias nas ruas”, disse.

Comentários

4 COMENTÁRIOS

  1. ESTOU DE ACORDO COM VOCÊ ROGERIO CASTILHO….E TAMBEM QUE ELE DEVOLVA O DINHEIRO PÚBLICO DESVIADO COM JUROS DESDE 2005 ANO ONDE SE INICIOU A OPERAÇÃO CAÇA FANTASMAS…E TAMBEM QUE ALGUÉM DA JUSTICA ANULE O HABEAS CORPUS E ELE VOLTE A SER PRESO POIS NUNCA VI CASO ONDE A PESSOA SAIA FIADO PARA PAGAR FIANÇA DEPOIS..
    QUE DEUS ABENÇOE SEU FIM DE SEMANA…ABRAÇOS…

  2. PABLO VIEIRA QUANTO VC GANHOU PARA ELOGIAR O PREFEITO…20 REAIS TRABALHO NA UBER OU UMA VASSOURA PARA VARRER A PREFEITURA ???NÃO ADIANTA ELOGIAR 95% DE OSASCO NUNCA VAI ESQUECER DA OPERAÇÃO CAÇA FANTASMAS…ELE NÃO É EXEMPLO PARA NINGUÉM…BOA NOITE

    • ESTOU DE ACORDO COM VOCÊ ROGERIO CASTILHO….E TAMBEM QUE ELE DEVOLVA O DINHEIRO PÚBLICO DESVIADO COM JUROS DESDE 2005 ANO ONDE SE INICIOU A OPERAÇÃO CAÇA FANTASMAS…E TAMBEM QUE ALGUÉM DA JUSTICA ANULE O HABEAS CORPUS E ELE VOLTE A SER PRESO POIS NUNCA VI CASO ONDE A PESSOA SAIA FIADO PARA PAGAR FIANÇA DEPOIS..
      QUE DEUS ABENÇOE SEU FIM DE SEMANA…ABRAÇOS…

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBoa ação de motorista e cobrador em Carapicuíba viraliza
Próximo artigoBreaking Bad Cotia: GCM estoura laboratório do tráfico