Em Osasco, Padilha destaca Mais Médicos e ironiza visita de Alckmin a...

Em Osasco, Padilha destaca Mais Médicos e ironiza visita de Alckmin a cidade no mesmo dia

0
Compartilhar
Candidato do PT ao governo fez caminhada no Munhoz Jr. nesta segunda-feira / Foto: Leandro Conceição

O candidato do PT ao governo do estado, Alexandre Padilha, realizou caminhada com a militância nesta segunda-feira, 3, no Jardim Munhoz Júnior, em Osasco.

Em discurso, Padilha destacou resultados do programa Mais Médicos, que implantou quando era ministro da Saúde e atendeu até o momento mais de 7,5 milhões de paulistas, segundo dados oficiais.

“Quero ajudar a [presidente] Dilma [Rousseff] a implantar o Mais Médicos em todos os municípios do estado”. Padilha lembrou que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) era contra o projeto, mas, de acordo com ele, ” o estado de São Paulo, o mais rico do país, foi o que mais pediu médicos “.

Candidato do PT ao governo fez caminhada no Munhoz Jr. nesta segunda-feira / Foto: Leandro Conceição
Candidato do PT ao governo fez caminhada no Munhoz Jr. nesta segunda-feira / Foto: Leandro Conceição

Publicidade

O candidato do PT também defendeu cotas para negros, índios e alunos egressos de escola pública nas universidades do estado.

A postura do governo Alckmin na atual crise da água no estado foi criticada por Padilha: “o atual governador agora entrega água de dia e ar à noite”.

Publicidade

“Prédio vazio”

O petista ironizou a vinda do governador Geraldo Alckmin ao prédio onde deve ser implantado um centro de tratamento de câncer, na Vila Yara, no mesmo dia que ele veio à cidade.

“Meu adversário, o atual governador, está preocupado com a minha vinda em Osasco e resolveu vir aqui”, disse. “Ele veio mais uma vez visitar um prédio que desde o inicio do governo do prefeito Jorge Lapas ele promete que vai construir um centro de tratamento do câncer, mas é um prédio que está vazio, sem equipamentos”.

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP), que tenta se reeleger, também participou da caminhada. O ato reuniu ainda prefeito, Jorge Lapas (PT), o presidente do PT-SP, Emidio de Souza, e os candidatos do PT de Osasco a deputado federal, Valmir Prascidelli, e estadual, Marcos Martins, além de dezenas de militantes.

Compartilhar

Comentários