Emidio pede para Doria enviar à Osasco e região parte dos respiradores comprados da China

0
coronavírus Osasco
Na indicação, o deputado estadual mostrou a necessidade dos equipamentos diante do aumento expressivo do número de casos de covid-19 na região / Foto: Marcelo Deck

O deputado estadual Emidio de Souza (PT) protocolou uma indicação para o governador João Doria (PSDB) pedindo que parte dos novos respiradores comprados na China seja destinada à Osasco e região.

publicidade

“A população de Osasco precisa de mais apoio do estado nesse momento delicado. A cidade está com o segundo maior índice de mortalidade por covid-19 em São Paulo, com um número maior que muitos estados da federação”, justifica o deputado e ex-prefeito e Osasco.

A compra de 3 mil novos respiradores fabricados na China, com um custo de US$ 100 milhões, foi anunciada pelo governo do estado no mês de abril. No entanto, o governo anunciou, nesta semana que, devido a problemas com o fornecedor, o número de equipamentos foi reduzido para menos da metade.

publicidade

Na indicação enviada ao governador, Emidio mostrou a necessidade dos equipamentos diante do aumento expressivo do número de casos do novo coronavírus em Osasco e na região.

“No começo, a Capital registrava 14 mortes para cada 100 mil moradores por conta da Covid-19, enquanto Osasco, com 700 mil habitantes, tinha quase 20 vítimas por 100 mil habitantes e uma ocupação de cerca de 80% dos leitos de UTI. Já em Barueri, cidade vizinha, a situação é semelhante com 18 óbitos por 100 mil moradores”, declara o deputado.

publicidade

“O governo de São Paulo precisa agir para minimizar os impactos dessa pandemia na cidade e na região”, finaliza Emidio.

O prazo para a chegada dos respiradores era no início de maio. Com os problemas junto ao fornecedor, a previsão, segundo o governo, é de que os aparelhos cheguem em São Paulo no início de junho.

Comentários