Empresa barra entrada de funcionários que participaram de assembleia do sindicato

2

Fachada de indústria química em Jandira
Fachada de indústria química em Jandira

De acordo com o Sindicato dos Químicos Unificados de Campinas, Osasco, Vinhedo e Região, a empresa Cazi Química, no Jardim Alvorada, em Jandira, não permitiu que cerca de 80 funcionários dessem início ao experiente nesta quarta-feira, 13. O motivo seria a participação dos trabalhadores em uma assembleia realizada pelo sindicato, antes do horário de trabalho.

Segundo Alexandre Ferreira, representante do sindicato, a assembleia tinha caráter informativo e tratava da campanha salarial. Após a reunião com os funcionários, a empresa fechou os portões e não permitiu a entrada dos trabalhadores.

Publicidade

A Polícia foi acionada, mas, ao chegar ao local, também não conseguiu uma negociação positiva com representantes da empresa, que disseram que apenas na quinta, 14, o expediente será retomado. A polícia orientou que fosse registrado um boletim de ocorrência.

Ainda segundo Alexandre Ferreira, a empresa já possui histórico de reclamações de seus funcionários. “Eles reclamam que durante o horário de almoço não podem sair da empresa para resolver problemas pessoais, que se sentem aprisionados”, acusa.

O Ministério do Trabalho também foi acionado nesta data e os representantes do Sindicato aguardam que um fiscal seja enviado ao local para ajudar nas negociações.

A Cazi Química ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Comentários