Empresa se compromete a não fazer novas demissões durante pandemia

0
desemprego
Foto: reprodução

A metalúrgica Albras, em Embu das Artes, se comprometeu a não realizar demissões durante à pandemia do novo coronavírus (covid-19). O acordo foi firmado em audiência de conciliação realizada no Ministério Público do Trabalho (MPT), em Barueri, nesta segunda-feira (11).

A decisão é resultado de uma mediação solicitada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região após a empresa iniciar um processo de demissão em massa de 122 trabalhadores.

Segundo a entidade, o acordo prevê a manutenção dos postos de trabalho de pelo menos 300 trabalhadores e a empresa se compromete a não promover dispensa coletiva desse grupo até o fim da pandemia.

Publicidade

A Albras assumiu o compromisso também se reunir com o sindicato para negociar as possíveis soluções de preservação dos empregados e comunicar a entidade sobre a necessidade de efetuar novos desligamentos. Se ocorrer novas demissões, as verbas rescisórias deverão ser pagas de forma integral, sem parcelamentos.

Durante a audiência, ficou acordado também que a Albras deverá encaminhar informações sobre as 122 demissões já feitas. Tais como verbas rescisórias, multa de 40% do FGTS e forma de pagamento. Com base na análise destes documentos, o Sindicato terá condições de verificar se os direitos dos ex-trabalhadores estão sendo respeitados.

A análise dos documentos será o principal tema de um a nova audiência no MPT que acontecerá na próxima semana.

Comentários