Ensino superior privado cobra pagamento do Fies pelo governo

0

Atraso// 1.863.731alunos de 1.358 instituições particulares de ensino são atingidos, segundo o Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp)

publicidade

Diante do atraso no pagamento do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que segundo as instituições privadas de ensino superior tem travado as renovações de matrículas, representantes do setor foram na quinta, 29, recebidos no Palácio do Planalto.

O MEC diz que a atual gestão encontrou o Fies sem orçamento para o pagamento da taxa de administração dos agentes financeiros do sistema, responsáveis pela contratação e aditamentos do fundo.

publicidade

Para cobrir esses custos, são necessários mais de R$ 800 milhões, segundo o MEC, o que levou a pasta a enviar um projeto de Lei (PL 8/2016) ao Congresso para garantir o orçamento necessário para este fim. O projeto de lei concede crédito suplementar ao Orçamento da União em favor do MEC no valor de mais R$ 1,1 bilhão para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

De acordo com o Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), o atraso atinge 1.863.731alunos, de 1.358 instituições particulares de ensino, e já somam cerca de R$ 5 bilhões.

publicidade

Comentários