“Era eu ou ele”, diz recepcionista que matou cliente que a atacou...

“Era eu ou ele”, diz recepcionista que matou cliente que a atacou em hotel de Osasco

0
Compartilhar
morto facada hotel osasco

A recepcionista que matou um cliente com uma facada após ser atacada por ele em um hotel no Centro de Osasco deu entrevista ao “Balanço Geral” desta segunda-feira (5) e falou sobre o caso.
“Eu não pensei duas vezes, era eu ou ele”, relatou. “Nunca imaginei passar por essa situação, ainda mais dentro do meu trabalho. Agora tenho medo de sair de casa”.

José Israel Clemente, de 41 anos, se irritou após C.S, de 28 anos, informar que sua cota para a compra de bebidas, de R$ 80, já havia sido ultrapassada. Imagens de câmera de segurança do hotel mostram José Israel tentando forçar a porta da recepção, enquanto a recepcionista liga para alguém e pede ajuda. De repente, o homem começa a chutar a porta. Dentro da recepção, C.S grita por socorro.

Até que o hóspede pega um extintor de incêndio, encontra uma fresta na parede e aciona o extintor para dentro da sala da recepção onde a funcionária do hotel tentava se proteger. Depois, José Israel usa o extintor para derrubar a porta.

Publicidade

A mulher sai da sala da recepção correndo e o hóspede a persegue. Até que C.S chega à cozinha e pega uma faca. Quando o homem se aproxima, ela o esfaqueia nas costas. José Israel cai inconsciente e acaba morrendo.

C.S foi indiciada por homicídio simples. Ela chegou a ser presa em flagrante, mas foi liberada no sábado (27) em audiência de custódia, após alegar legítima defesa. “Eu não queria fazer isso, só queria me defender”, disse, emocionada, ao “Balanço Geral”.

Compartilhar

Comentários