"O atual sentimento nacional é de ver político como ladrão, coisa ruim. E a gente tem que tentar mudar isso”, diz vereador eleito

Leandro Conceição

publicidade

Vereador mais votado na última eleição em Osasco, Elissandro Lindoso, o Doutor Lindoso (PSDB), avalia que o escândalo da Operação Caça Fantasmas, com prisões preventivas decretadas a 14 vereadores da atual Legislatura, na semana passada, reflete até em quem ainda não assumiu e nunca exerceu mandato, como ele.

“O pior é para a classe política. A população nivela por baixo. Então, todo mundo é ‘ladrão’. Ando na rua e o pessoal fala, faz comentários pejorativos, fica difícil”, afirma Lindoso. “Entristece, mas não tiro a razão deles [da população]. O atual sentimento nacional é de ver político como ladrão, coisa ruim. E a gente tem que tentar mudar isso”, completa o vereador eleito.

publicidade

Ele foi o mais votado nas eleições de outubro, com 6.214 votos.

“Trem tombado” 

publicidade

Lindoso afirma que o resultado da Operação Caça Fantasmas “foi uma surpresa”. “Falavam que havia uma investigação do Ministério Público, mas não sabíamos que estava assim, não é? Achei que fosse um ‘puxão de orelha’, algo que fosse para colocar o trem nos trilhos. Mas, pelo jeito, o trem já estava era tombando e a gente não sabia”.

11 vereadores presos 

Entre os 14 parlamentares que tiveram prisão decretada, 11 estão presos há quase uma semana na penitenciária de Tremembé, no interior paulista.

Karen Gaspar (PTdoB) e o prefeito eleito, Rogério Lins (PTN) estavam viajando no dia das prisões e ainda não se entregaram e Andrea Capriotti (PEN) está internada sob escolta em um hospital se recuperando das sequelas de um acidente de carro.

 

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. Osasco está jogada às traças e piora a cada dia com os novos eleitos. O Tal Alessandro Lindoso é mais um atrás de enriquecimento ilicito. A prova disso é o que fez na saúde de Jandira. Mais um pilantra no pedaço.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui