Especial 1º de Maio – A história do 1º de Maio e a luta dos trabalhadores

1

martires-de-chicago-1-de-maio-890x395Após muitas batalhas, que custaram inclusive a morte de muitos trabalhadores, foi só em 1919 que os operários franceses conquistaram oficialmente, pela primeira vez, a redução da jornada de trabalho para oito horas. Não por coincidência veio também da França a pioneira proclamação o 1º de Maio como feriado em comemoração ao Dia do Trabalhador. Depois, ao longo dos anos, outros países adotaram a data, inclusive o Brasil.

publicidade

Em 1886, manifestações realizadas em Chicago, nos Estados Unidos, fizeram várias vítimas fatais e feridos pela polícia, que reprimiu os atos violentamente. Foi apenas em 1889, três anos depois, que a Segunda Internacional Socialista, reunida em Paris, na França, decidiu convocar anualmente uma manifestação com o objetivo de lutar pelas 8 horas de trabalho. Na época, havia trabalhadores que chegavam a cumprir mais de 14 horas por dia.

No Brasil, o Dia do Trabalhador foi conquistado apenas em 1925, declarado feriado pelo então presidente Artur Bernardes. Em 1º de maio de 1943, o país passou por um momento crucial para os trabalhadores: a criação da Consolidação das Leis do Trabalho, a chamada CLT, sancionada pelo presidente Getúlio Vargas.

publicidade

Na cidade de Osasco, foi instituída em 2013, por Lei Municipal gerida na Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão, a Semana do Trabalhador como evento oficial do calendário osasquense. A cidade e a região têm uma história marcada pela ação sindical e luta dos trabalhadores.

publicidade

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. alista, reunida em Paris, na França, decidiu convocar anualmente uma manifestação com o objetivo de lutar pelas 8 horas de trabalho. Na época, havia trabalhadores que chegavam a cumprir mais de 14 horas por dia.

    No Brasil, o Dia do Trabalhador foi conquistado apenas em 1925, declarado feriado pelo então presidente Artur Bernardes. Em 1º de maio de 1943, o país passou por um momento crucial para os trabalhadores: a criação da Consolidação das Leis do Trabalho, a chamada CLT, sancionada pelo presidente Getúlio Vargas.

    Na cidade de Osasco, foi instituída em 2013, por Lei Municipal gerida na Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão, a Semana do Trabalhador como evento oficial do calendário osasquense. A cidade e a região têm uma história marcada pela ação sindical e luta dos trabalhadores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBarueri tem seminário sobre atenção básica
Próximo artigoAtaques a ônibus amedrontam Itapevi