“Esse tipo de ferimento é bastante doloroso, mas eles têm suportado bem”, diz médico sobre Rogério e Aline Lins

0
O médico Hugo Gregoris de Lima fala sobre o estado de saúde do prefeito e da primeira-dama de Osasco em entrevista coletiva nesta terça-feira (2) / Foto: Leandro Conceição/Visão Oeste

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, e a primeira-dama, Aline Lins, continuam em estado estável e sem previsão oficial de alta, informou boletim médico divulgado nesta terça-feira (2) – leia abaixo. Em entrevista coletiva, o médico Hugo Gregoris de Lima afirmou que o casal “tem evoluído de forma satisfatória ao tratamento multiprofissional”.

publicidade

“[Os dois] permanecem estáveis e afebris, em trabalho fisioterápico, estratégia nutricional estabelecida e acompanhamento psicológico”, declarou. “Esse tipo de ferimento é bastante doloroso, mas eles têm suportado bem a situação”.

Mesmo no hospital, o prefeito não se licenciou do cargo e continua despachando. Os contatos com secretários e funcionários são por telefone ou internet. As visitas são restritas para evitar o risco de infecção.

publicidade

Hugo Gregoris de Lima afirmou que a decisão de continuar trabalhando do hospital, “do ponto de vista médico não é recomendável”. Há a expectativa de que o prefeito e a primeira-dama possam ser liberados para continuar tratamento em casa até sexta-feira (5).

Rogério e Aline Lins sofreram queimaduras de primeiro e segundo graus nas mãos, braço e rosto. De acordo com o médico, “algumas pequenas áreas podem necessitar de enxerto de pele”.

publicidade

Hugo Gregoris de Lima declarou ainda que, apesar da gravidade do trauma, “a equipe médica continua otimista em relação a [não haver] potenciais sequelas, tanto estéticas quanto funcionais”.
Ele afirmou ainda que não foi necessária, de acordo com critérios técnicos, a remoção dos pacientes a um hospital especializado em queimados.

O acidente

Rogério e Aline Lins ficaram feridos em uma explosão ao acender a fogueira do “Arraiá do Servidor”, na noite de sexta-feira (28), na Arena Vip, no Jardim das Flores. Com queimaduras de primeiro e segundo grau em cerca de 14% do corpo, eles estão internados desde sexta-feira (28) no Hospital Municipal Antonio Giglio.

Em vídeo, Rogério Lins comentou sobre o acidente, que, disse, “poderia ter sido fatal”. “O médico falou que tínhamos sido fruto de um grande milagre. Primeiro por não termos ficados cegos. Segundo por não ter inalado aquela chama com alta caloria, que também poderia ter sido fatal. E isso também não aconteceu”.

Rogério Lins hospital acidente
Em vídeo, Rogério Lins fala sobre acidente sofrido / Foto: reprodução

Nesta segunda-feira (1º), a Polícia Civil iniciou as investigações para descobrir as causas do acidente. Peritos vistoriaram a Arena Vip, onde o “Arraiá do Servidor” foi realizado.

O Corpo de Bombeiros anunciou que vai pedir a cassação da licença da área de shows por falta de segurança. “Vamos cassar por não conformidade pela legislação contra incêndio e também estrutura de emergência”, afirmou o capitão Palumbo, porta-voz da corporação, ao SPTV, da TV Globo.

…..

Leia também:

Datena comenta explosão que feriu Rogério Lins: “Quando tem política no meio, você tem que ficar com os dois pés atrás”

Em show, Fábio Rabin faz piada com acidente de Rogério Lins

Conta de luz fica mais cara a partir desta quinta (4)

….

Comentários