Estudantes participam de Olimpíada de Astronomia

0

Na primeira participação, alunos chegam à penúltima fase da 6ª Olimpíada Nacional de História do Brasil / Foto: Divulgação
Na primeira participação, alunos chegam à penúltima fase da 6ª Olimpíada Nacional de História do Brasil / Foto: Divulgação

publicidade

Os alunos dos 6° e 9° anos da Fundação Instituto Tecnológico de Osasco (FITO), participaram da XVII Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), que aconteceu no mês de maio. Durante o horário de aula os participantes fizeram algumas atividades práticas como a construção de um relógio solar, sistematização dos planetas, entre outros, antes de realizar uma prova.

Durante todo o trimestre deste ano, os alunos trabalharam temas relacionados à proposta da OBA. “Fizemos alguns experimentos e atividades que deram a eles melhores condições para responder as questões, pois algumas são estritamente relacionadas com as atividades práticas sugeridas. A avaliação foi difícil para a idade deles, mas nossos alunos fizeram tudo com muita dedicação e envolvimento”, conta a professora de ciências Juliana Chinellato.

publicidade

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é um evento aberto e podem participar escolas públicas e particulares. A OBA é organizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) e com a Eletrobrás Furnas.

Estudantes chegam à penúltima fase da Olimpíada de História

publicidade

Pela primeira vez na competição, os alunos da FITO chegaram à 5ª etapa de participação da 6ª Olimpíada Nacional de História do Brasil, que ocorreu também em maio. Foram cinco etapas online e a final presencial na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que organiza o evento com uma proposta de estudo consciente de História.
Dentre as atividades, os estudantes discutiram o golpe militar de 64, censura, repressão, crescimento econômico, anistia, Diretas Já e o fim da ditadura no Brasil.

Comentários