Evento celebra 22 anos da Lei de Cotas

0

“A igualdade no trabalho é um direito de todos os cidadãos. Esta construção se faz no dia a dia, enfrentando todas as dificuldades e preconceitos que ainda existem”. Foi o que disse o ministro do Trabalho, Manoel Dias, na terça-feira, 30, ao participar da comemoração dos 22 anos da Lei de Cotas que aconteceu na Fiesp (Federação das indústrias de São Paulo).

publicidade

Para que esta construção diária seja eficaz, o ministro defendeu a união de toda a sociedade. “Temos que assumir aqui um compromisso coletivo, para que cada um, em sua esfera de atuação, se torne parceiro dessa causa. Podem contar com o Ministério do Trabalho e Emprego”, enfatizou.

A ideia foi defendida também pelo coordenador do Espaço da Cidadania, Carlos Aparício Clemente, que classificou o data como “dia de compromisso por mudança de atitude”.
Dias e Clemente enfatizaram isso frente aos dados apresentados pelo Espaço da Cidadania que mostram que, no Brasil, somente 26% das vagas geradas pela Lei de Cotas são preenchidas. O país tem quase 3 milhões de pessoas com deficiência com nível superior, mas apenas 39.651 estavam empregadas em 2011.

publicidade

Após solenidade, o evento tomou a Rua das Flores, e contou com a apresentação dos bonecos de Vara e Banda do “Sussego” da APAE-SP, apresentação de dança e capoeira, exposições sobre tema de órgãos públicos, movimentos sociais, ONGs, instituições educacionais, Sesi/SP e Senai/SP.

publicidade

Comentários