Início Cidades Ex-administradora diz que satisfação no Antonio Giglio era de 90% e que...

Ex-administradora diz que satisfação no Antonio Giglio era de 90% e que prefeitura deve R$ 6,5 milhões

0
Hospital Antonio Giglio Osasco
Foto: Lana Alves/Visão Oeste

Ex-administradora do Hospital Municipal Antonio Giglio, em Osasco, a Fundação do ABC (FUABC), diz que em seus dois anos de gestão, elevou o índice de satisfação dos pacientes a “mais de 90%”, após assumir a unidade abandonada e sob o “descrédito da população”.

publicidade

A defesa contrasta com as críticas da gestão de Rogério Lins (PODE), que no fim de julho tirou a FUABC da administração do hospital e da UPA Centro “por descontentamento na qualidade dos serviços prestados à população, alvos de constantes reclamações”, alegou.

Os equipamentos passaram a ser geridos, por meio de contrato emergencial, pelo ISSRV (Instituto Social Saúde Resgate à Vida). Em balanço recente, a nova gestão apontou uma série de melhorias realizadas no Hospital.

publicidade

Além disso, segundo matéria do Diário do Grande ABC, a FUABC alega que a Prefeitura de Osasco deve R$ 6,5 milhões por serviços prestados. A administração municipal nega.

Com informações do Diário do Grande ABC

publicidade

Comentários