Ex-marido reaparece 23 anos depois e inferniza vida de mulher em Itapevi

0
violencia contra a mulher
Imagem ilustrativa / reprodução

Cansada das agressões do marido, usuário de drogas, uma moradora de Itapevi decidiu se separar e cuidar sozinha dos dois filhos, sem qualquer ajuda do ex. E 23 anos depois, o homem reapareceu e voltou a tornar a vida dela um pesadelo. Nas últimas semanas, era mantida presa em casa, sem acesso ao celular ou contato com outras pessoas, e foi resgatada por policiais militares na terça-feira (15).

publicidade

Ela contou a PMs que atuam na fiscalização de medidas protetivas da 3ª Cia do 20º Batalhão que o ex-companheiro reapareceu há dois meses pedindo uma nova chance. Os filhos apoiaram o retorno do pai e a mulher, mesmo com medida protetiva contra o homem, topou. Pouco depois, conta a mulher, “ele voltou com as drogas e com as agressões e não me deixava sair de casa nem ter acesso ao meu celular para pedir ajuda”.

Os policiais levaram os dois à Delegacia de Defesa da Mulher de Itapevi e o caso vai continuar sob acompanhamento com visitas periódicas da fiscalização de medidas protetivas da 3ª Cia do 20º Batalhão, em projeto que visa evitar a reincidência das agressões que consequentemente podem levar ao feminicídio.

publicidade

A vítima também tem acesso a cadastro no aplicativo “SOS Mulher”, podendo solicitar socorro policial por meio de um botão de emergência no seu aparelho celular, gerando um chamado no 190 da Polícia Militar e imediatamente o deslocamento de uma viatura até a localização informada pelo GPS do referido aparelho.

publicidade

Comentários