Falso curandeiro que cobrou R$ 5 mil por “benzimento especial” para “livrar idoso da morte” é condenado por estelionato

Falso curandeiro afirmou que a vítima necessitava de um “benzimento especial”, feito com dinheiro, para se curar de suposta doença que o mataria

0
vela falso curandeiro
Pixabay

O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve condenação de um falso curandeiro por golpe praticado contra idoso. Pelo crime de estelionato, ele foi condenado a prestação de serviços à comunidade por um ano e dois meses.

publicidade

Segundo os autos do processo, o falso curandeiro e um comparsa abordaram idoso que se dirigia a hospital em Indaiatuba, no interior paulista, afirmando que a vítima necessitava de um “benzimento especial”, feito com dinheiro, para se curar de suposta doença que o mataria.

O idoso, então, sacou R$ 5 mil e deu seu cartão de crédito, como parte do ritual de “tratamento” da falsa doença.

publicidade

O réu foi preso em flagrante pela prática de outro de crime de estelionato, com modus operandi idêntico de abordar idosos na imediação de hospital, e foi reconhecido pela vítima.

publicidade

Comentários