Fazenda urbana na sede do iFood destina alimentos a famílias carentes de Osasco

0
fazenda urbana ifood osasco
Marcelo Deck

Instalada no sétimo andar da sede do iFood, em Osasco, a fazenda urbana Oz Food conta com 950m² e produz mais de uma tonelada de hortaliças, frutas e legumes livres de agrotóxicos por mês. A produção é toda destinada às famílias cadastradas no Banco de Alimentos da cidade. A iniciativa, que tem parceria com a BeGreen, recebeu nesta sexta-feira (24) a visita de uma comitiva da Prefeitura, com o prefeito Rogério Lins e o secretário municipal de Desenvolvimento e Inovação, Gerson Pessoa.

publicidade

“Ficamos encantados com o projeto da fazenda e gratos à diretoria e colaboradores, que nos recepcionaram com muita gentileza”, declarou Gerson Pessoa. Os alimentos beneficiam atualmente aproximadamente 600 famílias, mas a meta é atender 3 mil famílias de Osasco por mês.

fazenda urbana ifood osasco
O prefeito Rogério Lins e o secretário de Desenvolvimento e Inovação, Gerson Pessoa, visitaram a inovadora fazenda urbana na sede do iFood nesta sexta (24) / Foto: Marcelo Deck

“Utilizamos do nosso espaço para contribuir com soluções inteligentes que possam impactar de forma positiva a vida das pessoas. Mensalmente vamos colher mais de uma tonelada de alimentos que serão doados na região. Trata-se de uma iniciativa pioneira e, para nós, é muito gratificante poder fazer mais essa contribuição para a sociedade”, afirma Gustavo Vitti, vice-presidente de pessoas e sustentabilidade do iFood.

publicidade

As fazendas urbanas são aquelas em que os alimentos são cultivados na cidade, próximos de onde as pessoas irão consumi-los, reduzindo o tempo de transporte, a emissão de carbono pelos veículos e o desperdício gerado na distribuição. As hortaliças são colhidas momentos antes da entrega e levadas direto da fazenda para o consumidor final, chegando frescas, ainda com raiz.

Tecnologia

publicidade

A fazenda urbana na sede do iFood em Osasco conta com estufa inovadora e tecnologia desenvolvida pela BeGreen. As hortaliças são cultivadas por meio da hidroponia: as raízes se desenvolvem na água, em soluções que recebem os nutrientes naturais para que cresçam saudáveis. De forma automatizada, é possível controlar o volume da água e a nutrição nos canais das bancadas.

Esta técnica gera uma economia de até 90% de água em relação ao cultivo tradicional. Um sistema de climatização de alta tecnologia permite o controle remoto da temperatura da estufa e uma produtividade 28 vezes maior que o cultivo convencional.

A comitiva da administração municipal foi recebida no iFood por João Sabino, Diretor de Políticas Públicas; João Barreto, Diretor de Educação, Meio Ambiente e Inclusão; Tayara Calina, Coordensdora de Políticas Públicas; e Bruno Lapinskas, entre outros.

fazenda urbana ifood osasco
Marcelo Deck

Também estiveram na visita João Perez, responsável pelo Banco de Alimentos da Prefeitura; Bruno Mancini, secretário de Finanças; Poio, chefe de Gabinete do Prefeito, e Thiaguinho, que comanda a secretaria de Comunicação.

Comentários