Fernando Diniz demitido? “Sensação que acabou”, diz jornalista

0
fernando diniz são paulo
Fernando Diniz teve poucos momentos de tranquilidade no comando do Tricolor e acumulou vexames

Com o time em queda livre no Campeonato Brasileiro, é cada vez maior a pressão em torno do técnico Fernando Diniz. Boa parte da torcida já não vê mais esperanças em uma retomada da equipe sob o comando do contestado treinador e comentaristas especulam um possível anúncio de demissão nesta segunda-feira, 1º, após o clube passar o primeiro mês do ano sem uma vitória sequer – foram quatro derrotas e dois empates pelo Campeonato Brasileiro.

publicidade

Após a derrota do São Paulo por 2 x 1 para o Atlético-GO, fora de casa, neste domingo (31), o jornalista e comentarista Alexandre Praetzel declarou que a diretoria do Tricolor pode anunciar a demissão de Fernando Diniz no início da semana, possivelmente já nesta segunda-feira (1º).

Em seu blog no Yahoo! Esportes, Praetzel comentou que o resultado “praticamente encerra o ciclo de Fernando Diniz no São Paulo”. “Em Goiânia, Diniz escalou os mesmos nomes que não vinham bem, na sua grande maioria. Não testou nenhuma mudança e repetiu as substituições, durante a partida. Ter convicção é uma coisa, insistir no que não está funcionando, é muito pior”, avaliou.

publicidade

O jornalista André Plihal, da ESPN, também declarou que o clima é de fim de linha para Diniz no São Paulo: “Não é informação, mas arrisco-me a dizer que a Era Diniz acabou hoje. Sensação, não informação”.

publicidade

Outro que avalia que não há mais condições para Fernando Diniz continuar no comando do São Paulo é o jornalista Luís Augusto Símon, do Blog do Menon: “Por que o treinador não consegue soluções táticas e anímicas para minorar os erros cometidos?”, questionou.

Outros que avaliaram que não há mais condições para Fernando Diniz continuar no comando do São Paulo são os comentaristas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi. “A casa ruiu”, declarou Arnaldo, no canal da dupla no Youtube.

Após a derrota deste domingo, o treinador afirmou que não pensa em pedir demissão do Tricolor: “O momento é ruim, mas não pensei nisso, não. Confio nos atletas e acho que eles têm poder de reagir”.

Comentários