“Ferro no cretino do Macron”, diz ministro da Educação

0
Abraham Weintraub
O ministro da Educação, Abraham Weintraub

Em meio à crise diplomática entre os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e da França, Emmanuel Macron, o ministro da Educação brasileiro, Abraham Wintraub, fez duras declarações nas redes sociais, chamando inclusive o francês de “cretino”.

publicidade

“Os franceses elegeram esse Macrón, porém, nós já elegemos Le Ladrón, que hoje está enjauladón…Ferro no cretino do Macrón, não nos franceses…”, postou Abraham Wintraub no Twitter.

O ministro da Educação brasileiro declarou ainda que os franceses “elegeram um governante sem caráter”.

publicidade

A crise diplomática entre os governantes de Brasil e França ocorre devido a críticas do francês com relação à política ambiental brasileira com relação à Amazonia, que tem sofrido com queimadas.

“Piada”

No sábado, Bolsonaro chegou a atacar a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, ao endossar uma “piada”. Em um comentário na página do presidente brasileiro na rede social, um internauta colocou fotos de Macron ao lado da esposa e de Bolsonaro ao lado de Michelle e comentou: “É inveja presidente do macron pode crê (sic).”. Bolsonaro fez questão de responder ao comentário: “não humilha cara. Kkkkkkk”.

publicidade

Macon respondeu ao ataque nesta segunda-feira (26): “Como sinto muita amizade e respeito pelo povo brasileiro, espero que tenha rapidamente um presidente que esteja à altura” .

Comentários