Fim da reeleição para cargos executivos é aprovada

0
Plenário inicia Ordem do Dia para prosseguir com a votação da reforma política (Wilson Dias/Agência Brasil)

Câmara também aprovou dinheiro de empresas para partidos / Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
Câmara também aprovou dinheiro de empresas para partidos / Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

publicidade

A Câmara dos Deputados aprovou nesta semana o fim da reeleição para cargos executivos (prefeitos, governadores e presidente). A proposta teve apoio de todos os partidos e por isso recebeu o sim de 419 deputados, enquanto somente 19 foram contra e um se absteve de votar.

A proposta vem após a reeleição consecutiva de três presidentes da República: Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. A nova regra, que ainda passará por nova votação na Câmara e depois irá para o Senado, não se aplica aos prefeitos eleitos pela primeira vez em 2012 e aos governadores também eleitos pela primeira vez em 2014.

publicidade

Os deputados fazem uma maratona de votações da reforma política. Um dia depois de rejeitar a inclusão do financiamento empresarial de campanhas na Constituição, 71 deputados mudaram o voto e, na noite de quarta-feira, foi aprovada por 330 votos contra 141 uma emenda que permite aos partidos (e não aos candidatos) receberem doações de empresas para campanhas eleitorais. Com isso, somente os partidos poderão receber, mas, na prática, podem repassar o dinheiro para seus candidatos nas eleições. A emenda ainda vai passar por nova votação na Câmara antes de ir para o Senado.

publicidade
Comentários