Fiscalização de motorista que “tira o pé” apenas onde há radar começa nesta quarta, 1º

1
Foto: Gilberto Marques/Governo do Estado de SP

Nesta quarta-feira, 1º, em São Paulo, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai começar a fiscalizar o motorista pela velocidade média que ele leva de um ponto a outro em algumas vias.

publicidade

O objetivo é coibir a prática comum de o motorista tirar o pé do acelerador apenas onde há radares. A nova medição não vai gerar multas por se tratar de uma ação educativa.

Os radares estão posicionados nas avenidas Jacu-Pêssego, 23 de Maio, Bandeirantes e na pista expressa da Marginal Tietê, sentido Castello/Ayrton Senna.

publicidade

“Assim que o motorista passar pelo primeiro aparelho, o horário e a velocidade são registrados pelo equipamento. Se o condutor alcançar o segundo radar mais rápido do que o tempo necessário para percorrer o trecho dentro da velocidade máxima permitida, o motorista será advertido, via correspondência”, explicou o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, ao G1.

A legislação federal ainda não permite a aplicação de multas com esse tipo de fiscalização. Por isso, pelo menos inicialmente, os motoristas que forem flagrados apenas receberão uma carta notificando o excesso de velocidade. Não haverá multa nem pontos na carteira nacional de habilitação.

publicidade

Com informações do G1

Comentários