Karen Gaspar teve prisão decretada dia 6, mas ainda não se entregou / Foto: Eudes de Souza/CMO

Foragida da Justiça há mais de uma semana, a vereadora Karen Gaspar (PTdoB) solicitou nesta terça-feira, 13, licenciamento na Câmara Municipal de Osasco até o dia 31, quando se encerra o mandato.

publicidade

Neste caso, de acordo com o departamento de Comunicação da Câmara de Osasco, não será convocado o vereador suplente, “visto que para tanto, é necessário que o afastamento do titular seja por período superior a 30 dias”.

Karen é uma das 14 vereadoras de Osasco que tiveram a prisão preventiva decretada dia 6, na Operação Caça Fantasmas, do Ministério Público estadual. Os parlamentares são acusados de participarem de um esquema de contratações de funcionários fantasmas e ficar com parte dos salários.

publicidade

O licenciamento, que na prática é uma renúncia ao mandato, seria uma forma de demonstrar à Justiça que pretende colaborar com as investigações do Ministério Público, já que um grande motivo alegado para o Ministério Público para o pedido de prisão preventiva dos parlamentares é a possibilidade de, como vereadores, eles agirem para atrapalhar as investigações.

Vereadora pode ser presa a qualquer momento

Entre os 14 vereadores de Osasco com prisão decretada, 11 estão presos na penitenciária de Tremembé, no interior paulista. Podem ser presos a qualquer momento Karen Gaspar, que não foi presa no dia por estar em viagem, o prefeito eleito Rogério Lins (PTN), que está em viagem com a família aos Estados Unidos, e Andrea Capriotti (PEN), que se recupera no hospital das sequelas de um acidente de carro.

publicidade

 

Comentários

6 COMENTÁRIOS

  1. Vergonha Osasco terra de ninguem.

    Mais de um ano de investigaçao(funcionarios fantasmas ), e tem gente que acha isso normal.

  2. A justiça e falha pra mim tudo isso foi armação politica, por que não aconteceu antes das eleições ?
    todos pra mim são inocentes ate serem julgados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui