Fórum Regional propõe criação de Agência de Desenvolvimento

0
Integrantes do Fórum de Desenvolvimento Regional em reunião
Reunidos na quarta, 12, integrantes do Fórum de Desenvolvimento definiram criação de Agência como prioridade

Integrantes do Fórum de Desenvolvimento Regional em reunião
Reunidos na quarta, 12, integrantes do Fórum de Desenvolvimento definiram criação de Agência como prioridade

publicidade

Em reunião realizada na manhã de quarta-feira, 12, na Associação Comercial e Empresarial de Osasco (ACEO), empresários, sindicalistas, movimentos sociais e representantes do poder público definiram como pauta prioritária do Fórum de Desenvolvimento Regional a proposição de uma Agência de Desenvolvimento para a região.  A proposta se baseia no modelo de funcionamento do tripé integrado por Fórum, Agência e Consórcio Intermunicipal de prefeitos, já implantado com sucesso na região do ABCD.

“A agência será uma Oscip [Organização da Sociedade Civil de Interesse Público] com a função de desenvolver projetos e oficializar o diálogo com o Consórcio. Será uma entidade oficialmente constituída com uma visão operacional, de fomento do desenvolvimento. É diferente do Fórum, que tem um caráter mais consultivo, de discussão e identificação de demandas”, explica o economista, professor e consultor do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco, Edgar da Nóbrega. Os sindicatos da região são alguns dos principais articuladores da iniciativa, com apoio do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, o Ciesp.

publicidade

A discussão sobre a criação da agência aconteceu logo após a exposição do Secretário de Planejamento e Urbanismo de Barueri, José Eduardo Hyppolito das Neves, convidado dos representantes do fórum para uma palestra sobre o plano diretor da cidade e perspectivas de crescimento. Encontros semelhantes já haviam ocorrido com secretários de Santana de Parnaíba e Osasco para debater a questão e subsidiar as propostas que devem ser elaboradas pelo Fórum ao Consórcio Intermunicipal de Prefeitos da Região Oeste, o Cioeste.

Na apresentação aos membros do Fórum, o secretário barueriense priorizou a explicação de cada um dos conceitos que vêm sendo empregados pelo município na conduta para aprovação e liberação de empreendimentos e obras na cidade, tais como o plano de contingência, aprovação simplificada de projetos, aprovação eletrônica, mudanças nos coeficientes de aproveitamento do solo, exigência de contrapartidas  e análises de impacto de vizinhança.

publicidade

Entidade escolheu corpo executivo

Além da conversa com o secretário de Planejamento e Urbanismo de Barueri e a definição da criação da Agência de Desenvolvimento Regional como prioridade, os participantes escolheram os integrantes do grupo executivo do Fórum. A ideia é que esse grupo dê celeridade à implementação de estratégias e deliberações definidas durante as reuniões ampliadas e trabalhos dos grupos temáticos.

Os componentes do grupo executivo serão Fábio Fonseca (CIESP), André Menezes (ACEO), José Pereira Neto (Sindicato dos Comerciários – Secor), Jorge Nazareno (Sindicatos Metalúrgicos de Osasco), José Elias de Gois (Conselho Intersindical – Cissor), Cida Lopes (movimento Assembleia Popular, de Carapicuíba) e Murilo Leal Pereira (Universidade Federal – UNIFESP).

Comentários