Franquias de alimentação têm alta de 9,4% em 2015, aponta pesquisa

0

As redes de franquia do segmento de alimentos tiveram um crescimento de 9,4% em 2015, segundo a 10ª Pesquisa Setorial ABF Food Service. O levantamento, encomendado pela entidade ECD Food Service registra também uma evolução de 9,5% no valor médio de vendas (ticket médio) das franquias do segmento no mesmo período, ante 4,9% em 2014.

publicidade

Franchising. Business Background.

Hoje, as franquias de alimentação representam 20% do mercado de franchising e 7% de todo o mercado de alimentação no Brasil, cujo faturamento foi de R$ 350 bilhões no ano passado, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentação (ABIA). Do total de mais de 1 milhão de estabelecimentos que operavam no segmento no país em 2015, 23.932 eram unidades de franquias, o que representa 2% desse mercado.

publicidade

Quanto à variação do valor médio de vendas entre 2014 e 2015 nas redes pesquisadas, as franquias do subsegmento Cafés, Chás e Sucos apresentaram maior índice, com 19,2%, seguido de Sorvetes, Milk shakes e Gelados (15,6%), Churrascarias, Grelhados e Espetos (13,8%), Árabes e Salgados (11%) e Peixes e Frutos do Mar (10,4%).

“O consumidor está de fato mudando seus hábitos de consumo, migrando de um determinado tipo de estabelecimento para outro”, aponta João Baptista Junior, coordenador do Comitê de Alimentação da ABF.

publicidade

As redes de franquias do subsegmento de Saladas, Tapiocas e Apelo saudável apresentaram um crescimento de 20,2% em sua receita em 2015. A pesquisa revelou também que 76,2% das redes adotam práticas que atenuem os impactos ambientais resultantes de suas atividades.

Participaram do estudo 80 marcas, o equivalente a 28,78% de representação da base associada, com 8.683 unidades (45,42% do total das redes associadas do segmento) e receita de R$ 13,652 bilhões. O valor corresponde a 59,57% do faturamento das 278 marcas associadas do segmento Alimentação em 2015, que totalizou R$ 22,919 bilhões.

Comentários