Funcionários da Kalunga em greve

0

Protesto organizado pelo Secor dia 17 reivindica PLR / Foto: Thais Peixoto
Protesto organizado pelo Secor dia 17 reivindica PLR / Foto: Thais Peixoto

publicidade

Desde segunda-feira, 17, a Central de Distribuição da rede de informática e papelaria Kalunga está em greve. O protesto organizado pelo Sindicato dos Comerciários de Osasco e Região (Secor) reivindica o pagamento da participação nos lucros e resultados (PLR) aos comerciários da rede.

O sindicato e a administração da empresa se reuniram em mesa redonda convocada pelo Ministério do Trabalho no início do mês mas não fecharam acordo. Segundo o presidente do Secor, José Pereira Neto, “a administração da Kalunga continuou adotando uma postura autoritária e intransigente ao afirmar que não reconhece na lei nº 10.101 a obrigatoriedade do pagamento do benefício”.

publicidade

De acordo com o sindicalista, a paralisação seguirá até que a empresa retome a negociação. “Hoje, paramos a Central de Distribuição. Amanhã, podemos parar as lojas”, garantiu.

publicidade

Comentários