Gil destaca ações na saúde no 1º ano de mandato

Gil destaca ações na saúde no 1º ano de mandato

0
Compartilhar
Prefeito participou de sessão da Câmara Municipal para fazer balanço da administração / Foto: Flavio Costa

Prefeito participou de sessão da Câmara Municipal para fazer balanço da administração / Foto:  Flavio Costa
Prefeito participou de sessão da Câmara Municipal para fazer balanço da administração / Foto: Flavio Costa

Fernando Augusto

O prefeito de Barueri, Gil Arantes (DEM), participou da sessão da Câmara Municipal na terça-feira, 10, onde fez um balanço de seu primeiro ano de gestão. Arantes destacou principalmente a área da saúde, que era a mais problemática quando assumiu a Prefeitura.

“Conseguimos deixar os exames em ordem”

“Conseguimos já deixar em ordem todos os exames, que estavam levando anos para serem realizados. O único problema ainda é em três UBSs que ainda não estamos conseguindo atender com a rapidez que a população merece”, disse.

Gil Arantes falou sobre o recadastramento dos moradores, por meio do chamado Cartão Barueri, e disse que com os moradores cadastrados será possível melhorar o atendimento. “Quando assumimos a Prefeitura, tinha um cadastro com 1,380 milhão de pessoas cadastradas como moradoras de Barueri e a gente sabe que a população é de 280 mil e que devem se utilizar do sistema de saúde aproximadamente de 150 a 180 mil pessoas. Com isso temos a certeza de que vamos atender ainda melhor, porque com aquele número de pessoas cadastradas estava impossível atender bem os moradores e também as pessoas de outros municípios”, afirmou o prefeito.

Sobre os projetos na área, voltou a falar em “descentralização da saúde”. O objetivo é entregar no ano que vem um Pronto Socorro no Jardim Imperial, para desafogar o PS do Jardim Mutinga. Este irá se transformar numa policlínica, disse Gil. Já o Jardim Belval deve ganhar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do governo federal.
Centro administrativo
A Prefeitura também planeja descentralizar o atendimento à população. Para isso está previsto um centro administrativo no Pq. Imperial. “Vamos ter lá vários serviços da Prefeitura à disposição da população”.

Trânsito
Segundo Gil Arantes, as obras que foram feitas no sistema viário neste ano deram maior fluidez ao trânsito. Ele também destacou reunião que os prefeito do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste) tiveram com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) semana passada, para tratar de obras na rodovia Castello Branco. “Fizemos uma reunião com os prefeitos e a reivindicação para ele liberar as obras da Castello Branco, que a CCR já tem o projeto aprovado na Artesp. É aumentar duas pistas de cada lado, fazer o trevo de Alphaville e o trevo de Osasco. São obras de R$ 500 milhões, que logo que a Artesp liberar vai começar”, disse.

Compartilhar

Comentários