Governador: durma com um barulho desses

2

Quando determinou à Secretaria Estadual da Educação uma reorganização na rede de ensino, o governador Geraldo Alckmin não imaginava que haveria, em todo o estado, tantas manifestações contrárias a sua decisão enfiada goela abaixo da sociedade.

publicidade

Alunos, pais e professores se uniram em torno do assunto indo às ruas e mostrando seu descontentamento com um projeto que não foi discutido com os maiores interessados, mas apenas com os burocratas de um departamento que parecem estar bem longe do entendimento do que é o verdadeiro aprendizado.

Prevista para acontecer em 2016, a medida pretende dividir as escolas públicas do estado por ciclos, fazendo com que cada escola ofereça aulas de apenas um dos três ciclos do ensino básico, divididos entre Anos Iniciais do Ensino Fundamental, Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

publicidade

Para a Apeoesp, com a iniciativa, apesar da negativa do governador, unidades serão fechadas e o que ocorrerá será uma superlotação das demais escolas. E pior do que isso, não há justificativa pedagógica para a bagunça. O que entendemos é que o governo quer cortas gastos e não importa se isso vai ocasionar mudanças bruscas, e que podem trazer traumas para os estudantes.

Se ele estuda em uma determinada unidade há tempos, por que teria, de repente, de perder esse vínculo escolar? Conviver com outros alunos com idades diferentes, em nossa visão, também é um fator importante de desenvolvimento.

publicidade

No meio de toda a perplexidade da sociedade, a Secretaria da Educação se limita a dizer que ainda não sabe ao certo como isso ocorrerá. Mais orientações serão divulgadas no dia 14 de novembro em uma reunião que envolverá alunos, pais e professores. Mas a pergunta que não que calar, por que não foram realizadas audiências com este mesmo público antes de se alarmar a população com anúncio tão infundado?

Comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. O que a Apeoesp está fazendo com pais e alunos é terrorismo. Ainda não há nenhuma decisão tomada dela Secretaria da Educação e pelo governo Geraldo Alckmin. A reorganização vai beneficiar a educação. Nenhum aluno ficará a mais de 1,5 Km de sua casa. Mas isso não interessa para a Apeoesp, eles não lutam pela educação e sim pelos interesses do PT.

  2. O que a Apeoesp está fazendo com pais e alunos é terrorismo. Ainda não há nenhuma decisão tomada dela Secretaria da Educação e pelo governo Geraldo Alckmin. A reorganização vai beneficiar a educação. Nenhum aluno ficará a mais de 1,5 Km de sua casa. Mas isso não interessa para a Apeoesp, eles não lutam pela educação e sim pelos interesses do PT.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEditorial – Eduardo Cunha, o morto-vivo da política
Próximo artigoPara quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve!