Gráficos em estado de greve

0
Categoria realizou assembleia na sexta-feira, 15 / Foto: Nova Onda

Na sexta-feira, 15, o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Gráfica de Barueri, Osasco e Região (Sindigráficos) realizou uma Assembleia Geral com a categoria para definição dos próximos passos da Campanha Salarial 2013/2014 “Trabalhadores Gráficos em Ação contra a Enrolação”. Alertados sobre o andamento da Campanha, os gráficos optaram pela paralisação das atividades.

publicidade
Categoria realizou assembleia na sexta-feira, 15 / Foto: Nova Onda
Categoria realizou assembleia na sexta-feira, 15 / Foto: Nova Onda

De acordo com o presidente, Joaquim de Oliveira, na última reunião realizada com o Sindigraf, sindicato patronal, em 12/11, as negociações terminaram de forma preocupante. “O Sindigraf propôs aumento real de apenas 0,54%. Ou seja, 6,15% de aumento se somado com a inflação”, completa.

Em relação às cláusulas sociais, a mudança mais significativa é o aumento de dois dias de licença para mães que precisarem levar o filho ao médico ou em casos de internação.

publicidade

“Passou de seis para oito os dias que as mães gráficas podem apresentar atestado médico por levar o filho em consulta. Em caso de internação do dependente, a mulher pode faltar até 10 dias”, avisa Oliveira.

Sem previsão de novas reuniões e realizada Assembleia, Sindigráficos continua mobilizando categoria para paralisação.

publicidade

Comentários