Até às 10h40 desta sexta-feira, 28, ainda não havia previsão para a normalização da circulação de ônibus em Osasco. O terminal do Largo continuava fechado e, segundo grevistas, a previsão era de que os ônibus estacionados no local voltassem à garagem.

publicidade

Com os protestos durante a greve geral contra as reformas da Previdência e trabalhista, poucos comércios abriram as portas nesta manhã no Centro de Osasco, maior polo comercial da região.

A cidade amanheceu sem a circulação de ônibus e com os trens da CPTM parados, com protestos contra a reforma na região central.
Os atos reúnem representantes de diversas categorias, como metalúrgicos, comerciários, bancários, frentistas e professores, além de movimentos sociais.

publicidade

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui