Guarda de Barueri inicia operações de madrugada para evitar roubos em pontos de ônibus

0

Após identificar nos levantamentos dos dados criminais uma onda de assaltos em pontos de ônibus nos horários de pico, a Guarda Civil Municipal de Barueri iniciou ações especiais diárias de patrulhamento às paradas de coletivo batizadas como Operação Trabalhador Seguro ou, como dizem os próprios agentes, Operação Madrugada.

A escala de serviço dos integrantes do GTM (Grupo Tático de Motocicletas) já começa às 4h30 da manhã. A moto confere mais agilidade a este tipo de ação e permite, pelo rápido deslocamento, cobrir uma área maior.

“Atrasamos em uma hora os horários de entrada e saída dos membros das equipes noturnas da Romu, para que eles auxiliem as operações até o amanhecer, fazendo pontos de saturação em apoio à GTM”, explicou o comandante da Guarda, Marcus Aparecido Guedes Ramos, referindo-se à Ronda Ostensiva Municipal, unidade da corporação de policiamento tático e atendimento a ocorrências de maior vulto.

Publicidade

Desde o início das operações, em julho, não houve mais o registro deste tipo de ocorrência, segundo a Prefeitura.

“Eles [os ladrões] saíam fazendo arrastão nos pontos de ônibus, assaltando o trabalhador que aguarda a condução”, contou o comandante da Guarda, Marcus Aparecido Guedes Ramos.

“Conseguimos estancar esta prática. As operações vão desde os pontos extremos da cidade, como Engenho Novo, Jardim do Líbano e Parque Imperial, como também pelos bairros centrais.”

Comentários