Homem dopava, violentava e roubava idosas que seduzia por meio de aplicativo

0
Itens apreendidos com o criminoso / Foto: divulgação / Polícia Civil

Um homem de 41 anos foi preso em São Paulo acusado de dopar, violentar e roubar idosas após seduzi-las por meio de aplicativo de relacionamento.

publicidade

Na segunda (13), uma vítima, de 68 anos, encontrou o homem após trocar mensagens por meio do aplicativo e foi dopada, ficando por quase 20 horas desacordada. Ela foi encontrada com sinais de violência e teve objetos de valor, como o celular, roubados de dentro da sua residência, no Grajaú, na zona sul de São Paulo.

O criminoso foi preso na manhã desta quarta-feira (15), no Brás, na zona Leste de São Paulo, por policiais civis da 3ª Delegacia da Divisão de Investigações Gerais (DIG). Após apurações, a equipe descobriu que o autor usava a ferramenta de encontros para escolher mulheres de idades a partir de 50 anos.

publicidade

Ao ser preso, o homem tentou apresentar documento de identificação falso, mas não conseguiu enganar os agentes. Com ele foi recuperado o celular da vítima e aprendido um remédio ansiolítico, utilizado para dopar pessoas. Também foram recolhidos outros objetos, como faca, corda e vaselina.

publicidade

Comentários